saudade é o que sai da nossa boca
quando a distância do outro
afeta o sentir na pele
é o sentir do toque agora ausente,
o misturar de essências - inexistente

saudade é o que sinto por você
por um eu que parece não existir mais
é aquela lembrança que insiste em voltar e voltar sempre que tento esquecer

saudade é dor
Porque tudo que cabe dentro dela
Só existe na memória de um agora

Saudade em outra língua não existe
E se existisse nada mais seria do que o sentimento que você deixou ao atravessar meu existir e depois, simplesmente, ir.

Daquilo que já foi, daquilo que é e daquilo que será, a minha saudade sempre existirá.

em um estado de perplexidade permanente com aquilo que chamam de amor

em um estado de perplexidade permanente com aquilo que chamam de amor