Dia desses, nas primeiras horas da manhã meu pai disse que queria ser o vento. Creio que não entendi. Ele disse e saiu pela porta como quem solta um mistério no ar e some. Pensei no voo dos pássaros e na angústia que deve ser pra eles as grades que inventamos para aprisioná-los, afinal toda sua anatomia foi milimetricamente pensada para o encontro com a imensidão do céu. Voar.

Acho que o amor quando aparece é como o voo dos pássaros. É livre e bonito. Ganha tons de azul até desaguar no branco das nuvens. Tem asas que podem nos transportar para os melhores lugares do mundo.

A sensação do voo e do bater das asas são como o movimento de dança do meu coração ao ver um sorriso teu. Os pássaros migram e acho que a distância de um ponto a outro do planeta é aquilo que chamam de saudade. Lembro da primeira vez que senti saudade de você, foi um sensação esquisita e boa de querer estar imersa na tua presença, de querer ver teu sorriso descontraído, de querer voltar no tempo, no dia em que tu olhou nos meus olhos rapidamente porque de alguma forma quando eu estou com você ele sempre passa rápido demais. É a tradução de uma urgência inexplicável de querer estar perto de você independente de qualquer coisa.

Talvez qualquer tentativa minha de transpor em palavras tudo o que sinto por você não sejam suficientes para traduzir todo o sentimento bom que percorre cada partícula que constitui meu corpo depois que você chegou aqui.

Tem um trecho de um filme que eu nunca cheguei a assistir, nem sei ao certo sobre o que se trata, mas em um das cenas a menina diz assim:

“É aquilo que acontece quando você está com uma pessoa. Você a ama e ela sabe disso. Ela te ama e você sabe disso. Mas vocês estão em uma festa, conversando com outras pessoas. Você está rindo e brilhando. E então, você percorre a sala com os olhos e encontra os olhos daquela pessoa. Não porque você é possessivo(a), nem porque isso tem uma conotação precisamente sexual… é porque aquela é a pessoa da sua vida. E isso é estranho e triste, mas só porque a vida vai acabar um dia, e porque esse universo secreto que existe entre vocês, nesse lugar, não pode ser percebido por mais ninguém. É como quando alguém diz que existem outras dimensões ao nosso redor, mas não conseguimos vê-las. E é isso que eu quero de um relacionamento. Ou só vida, eu acho.”

E é assim que me sinto com você desde a primeira vez que a gente conversou. Você é a pessoa da minha vida. Lembra da primeira vez que eu disse que te amava? Foi o dia mais especial do mundo, assim como todos os dias do mundo são com você. Se a vida durar a eternidade é com você que eu quero estar. Sei que não acredita em mim, mas você é a pessoa mais bonita do mundo.

A cada bater de asas das mais de 9.600 espécies de aves que existem uma pipa passa a desdobrar-se sobre os ventos e o canto das baleias alcançam os nossos corações. É você quem faz tudo aqui ter cor, ter vida. Você é o meu amor.

em um estado de perplexidade permanente com aquilo que chamam de amor

em um estado de perplexidade permanente com aquilo que chamam de amor